haruka y sora kasugano online dating Noruegues online dating

Breivik nasceu em Oslo em 13 de fevereiro de 1979, filho da enfermeira Wenche Behring com o economista civil Jens Breivik David, que trabalhava como diplomata para a embaixada da Noruega em Londres, e mais tarde Paris.

Quando criança Anders estudou na Smestad Grammar School, no Ris Junior High, nas escolas secundárias Hartvig Nissens e Oslo Commerce School.

Mais tarde, Breivik foi isento do recrutamento para o serviço militar no exército norueguês e não teve treinamento militar.

Em 1997, aos 18 anos, o norueguês perdeu 369 mil dólares no mercado de ações.Mais tarde, aos 21 anos de idade, Anders trabalhava no departamento de atendimento ao cliente de uma empresa norueguesa.De acordo com seus supervisores ele interagia com "pessoas de todos os países" e era "gentil com todos".Um ex- colega de trabalho descreveu-o como um "colega excepcional", e um amigo próximo dele afirmou que Breivik normalmente tinha um grande ego e podia ser facilmente irritado com pessoas originárias do Oriente Médio e Sudeste Asiático.Ele foi condenado por unanimidade no dia 24 de agosto de 2012, em Oslo, a 21 anos de prisão prorrogáveis, sendo declarado responsável pelas 77 mortes causadas em um duplo atentado no dia 22 de julho de 2011, em Oslo e na ilha de Utoya, na Noruega, ao disparar contra um acampamento de jovens trabalhistas depois de detonar uma bomba perto da sede do governo norueguês.

Por decisão do tribunal de Oslo, a sentença é prorrogável e pode se estender indefinidamente caso a Justiça norueguesa entenda que o réu continua a representar um perigo para a sociedade.

Anders Behring Breivik sorriu ao ouvir o veredicto da justiça, fez a saudação da extrema-direita, pedindo desculpas aos extremistas por não ter conseguido matar mais pessoas no ataque pelo qual foi condenado a 21 anos de prisão, numa prova de que o assassino em massa norueguês permaneceu desafiador até o fim.

O criminoso afirmou estar satisfeito com a condenação, de modo que não houvesse dúvida sobre sua sanidade e sua ideologia e portanto não pretendia recorrer da sentença.

De acordo com Breivik, ele começou a planejar o atentado quando tinha 23 anos de idade.

Até este momento (setembro de 2016) não se sabe se Breivik agiu sozinho nos atentados.

Ele admitiu vestir-se como um policial, entrar em 22 de Julho de 2011, no terreno de um acampamento de jovens da Arbeiderpartiet norueguês (Partido dos Trabalhadores) na ilha de Utøya, abrir fogo contra os jovens presentes, matando pelo menos 68 deles naquele momento.